Páginas

21 de mai de 2009

um brinde à cachaça!

Você sabia que em 21 de maio comemora-se o Dia Nacional da Cachaça? A bebida, terceiro destilado mais consumido no mundo (superado apenas pela vodca e pelo soju coreano), faz parte da história do Brasil desde o século XVI. Naquela época, a produção era realizada de forma clandestina pelos escravos.

Após a fermentação do melaço e a destilação do produto em alambiques improvisados, seguindo a técnica usada pelos portugueses para a produção da bagaceira, foi criada a primeira aguardente brasileira. A menção mais antiga à palavra cachaça é de 1640.

Contemporaneamente, nossa amiga cachaça é utilizada indiscriminadamente em diversas situações diferentes, causando efeitos às vezes indesejados. Algumas dicas de ‘cachaçólogos’ (sim, existe degustador especializado em cachaça) para cachaceiros (os bebunzinhos) devem ser observadas durante o ato de degustação:

- Uma boa cachaça apaga os problemas e traz felicidade, mas não leva ninguém a chamar urubu de meu louro;
- O aroma deve ser agradável e dar vontade de continuar cheirando, além de despertar a vontade de saborear. Contudo, a vontade de saborear não pode ser excessiva, sob risco de causar amnésia, ressaca, vômito, etc;
- A boa cachaça deixa no copo uma oleosidade que escorre lentamente. É por isso que o cálice deve liso, transparente e de boca larga. A bebida queima agradavelmente na boca, descendo de modo suave pela garganta. Porém, não se deve abusar da bebidinha por causa de sua suavidade, sob pena de acordar no dia seguinte ao lado de um estranho (ou pessoa indesejada, ou ex...) e não saber como aquilo aconteceu;
- No processo de degustação de várias cachaças de gradação alcoólica diferentes é importante tomar água mineral gasosa e comer pedaços de pão puro. Na realidade, o que não deve ser esquecido é que é importante beber qualquer coisa sem álcool e comer qualquer coisa, para evitar os efeitos desagradáveis citados anteriormente;
- Para degustar uma dose, o 'cachaçólogo' demora de 15 a 20 minutos. Um coquetel e uma batida requerem de 20 a 30 minutos. Nada de sair bebendo várias doses em pouco tempo: além de ser contra o ato de degustação, beber muito em pouco tempo potencializa todos os efeitos adversos citados anteriormente;
- Alguns degustadores costumam agitar a garrafa para verificar a quantidade de bolhas que se formam. Quanto maior o número de bolhas, melhor a qualidade da bebida. Pedir ao garçom a garrafa, quando estiver bebum, para ficar observando as bolhas?...
- A cachaça de qualidade precisa ficar armazenada por, no mínimo, dois anos numa boa madeira. Se ficar acima de oito anos, vira produto nobre e ganha status. No entanto, todos sabemos que cachaceiros não guardam sua cachaças por muito tempo...



*O Museu da Cachaça existe! Apresenta a história da bebida, fotos, reportagens e mais de 2 mil garrafas, além de peças de engenho usadas antigamente na produção.
Museu da Cachaça
Rua Nhambiquaras, 385 - Vila Aviação - Tupã - SP
Telefones: (14) 3441-2321 / 3441-4337