Páginas

26 de out de 2009

murphologia

Pra descontrair nesse começo de semana:

- É impossível fazer alguma coisa à prova de idiotas, porque os idiotas tendem a se superar.
- Em qualquer crise que forçar as pessoas a tomarem decisões sobre qual o rumo a seguir, certamente a maioria das pessoas irá se decidir pelo rumo errado.
- Só porque você está chateado, não significa que saiba a cagada que está fazendo.
- Se não pode convencê-los, confunda-os.
- O direito de ser ouvido não inclui automaticamente o direito de ser levado a sério.
- Paranóia é saudável; cinismo é fundamental.
- Dois monólogos não formam um diálogo.
- Arranjar um bode expiatório é quase tão bom quanto arranjar uma solução para os problemas.
- Qualquer coisa é possível se você não sabe do que está falando.
- Se ninguém mais conseguir destruir a reputação de um homem, é provável que ele próprio o consiga.
- A melhor política é sempre falar a verdade. A não ser, é claro, que você seja um ótimo mentiroso.
- É mais fácil se conseguir um perdão para uma atitude do que obter permissão para ela.
- Faça exatamente o que o seu chefe faria se ele soubesse do que está falando.
- O trabalho em equipe é essencial para que você possa jogar a culpa em outra pessoa.
- O fato de alguém ter razão não significa que obterá um resultado favorável ou ganhará a causa.
- Toda vez que existe um testamento, existe discórdia.
- Primeiro diga não, depois parta para a negociação.
- Uma mentira bem explicada é melhor do que uma verdade incompreensível.
- Primeiro se inteire dos fatos, depois pode distorcê-los a vontade.
- O segredo do sucesso é a sinceridade. Se você conseguir fingir que está sendo sincero, ganhou a parada.
- Não importa quantas vezes se conseguir desmascarar uma mentira, sempre restará uma porcentagem de pessoas que vai acreditar que ela é verdade.
- O seguro sempre cobre tudo, exceto o que acontece.
- Não há nada pior que uma lei burra.
- A melhor característica da democracia é que dá a cada eleitor a chance de fazer uma besteira.
- Homens e nações agirão racionalmente quando todas as outras possibilidades tiverem sido esgotadas.
- Não existe coisa mais sincera do que um político contando uma mentira.
- Se quer criar um monte de inimigos, tente mudar alguma coisa.
- Não se preocupe com seus inimigos, seus aliados é que vão lhe trazer problemas.
- Canalhice tem limites. Burrice não.
- Se os fatos não se ajustam à sua posição, devem ser descartados.
- Se você pode distinguir entre um bom conselho e um mau conselho, então não precisa de conselhos.
- Um burocrata competente pode infernizar a vida de todo mundo. Um incompetente, mais ainda.
- Se as pessoas dessem ouvidos a si próprias, elas falariam menos.
- Problemas inesperados sempre andam em grupos.
- Todo mundo mente, mas isso não faz muita diferença, pois a maioria das pessoas não escuta mesmo.
- A sabedoria consiste em saber quando se deve evitar a perfeição.
- A soma da inteligência do planeta continua uma constante; a população, entretanto, continua a crescer.
- Amigos vêm e vão, mas inimigos permanecem.
- Uma pessoa é tolerante apenas com relação àquilo que não lhe diz respeito.
- A Lei de Murphy é superior a qualquer lei municipal, estadual ou federal.


*Retirados do livro “A Lei de Murphy e os Advogados”, de Arthur Bloch