Páginas

4 de ago de 2010

nota rápida

Notas rápidas de uma quarta-feira um pouco entediante e, ao mesmo tempo, cheia de coisas pra fazer... (nessas horas eu queria um clone meu pra fazer minhas tarefas enquanto eu fico em casa assistindo TV a cabo...).

Hoje nós, moradores do Distrito Federal, ganhamos um presentinho. Nosso digníssimo ex governador, ladrão, líder de gangue e bonito Joaquim Roriz teve sua candidatura ao governo do DF impugnada e está fora das eleições de 2010. O placar final do julgamento no TRE fechou em 4x2 pela cassação da candidatura. Pra quem mora por aqui há alguns anos e viu o que vários mandatos deste ser humano honestíssimo fizeram com o DF, é um fato a se comemorar. Aviso: antes de alguém começar a falar mal do Arruda pra defender o Roriz, lembre-se que quem montou todo este esquema de corrupção que explodiu agora foi Rorizete e sua gangue.

Pena que muitas outras candidaturas país afora que deveriam ser impugnadas seguirão firmes e fortes... Infelizmente a podridão nacional não se resume a um Roriz...

Ah sim, aproveitando pra comentar o que uma amiga feminista que vota na Dilma me disse para justificar o voto dela: “Precisamos de uma presidente mulher”. ERRADO. Precisamos de um presidente honesto e competente, seja homem, mulher, transexual ou de que gênero for.