Páginas

19 de dez de 2010

a semana

Esta semana que passou, deputados e senadores aumentaram seus próprios salários e agora ganharão somente pouco mais de R$ 26 mil. Acho muito justo uma bolsa de doutorado CAPES ou CNPq ser R$ 1.800,00 e exigir dedicação exclusiva, enquanto uma pessoa com educação à la Tiririca ganhará somente pouco mais de R$ 26 mil (NOT!). Ao ver uma coisa dessas, sinto-me uma palhaça num imenso picadeiro. Esse Brasil é um circo mesmo! Eu que sou otária de ficar estudando e ser honesta.

Esta semana, fui renovar minha carteira de motorista. Sinto-me uma palhaça por ter que gastar tempo – e dinheiro – fazendo aquele exame médico que só serve pra alguém ganhar dinheiro, mas tudo bem. Enquanto esperava pra fazer o tal exame, li uma notícia do jornal Correio Braziliense que estava pregada na parede: “álcool causa 60% das mortes de motoristas”. O que me leva a questionar: e os outros 40%? Por que só quem bebe perde carteira e é multado? A pessoa deveria perder a carteira e ser multada apenas pelo simples fato de estar dirigindo se esta estatística for verdadeira, afinal tá quase no meio a meio. (que fique claro: não sou a favor de dirigir bêbado, mas convenhamos que perder carteira e pagar quase mil reais por ter tomado duas taças de vinho é ridículo).

Outro fato semanal que me levou a ter a sensação de estar usando um nariz de palhaço diz respeito ao par de cromossomos XY. Por que tenho a sensação de que basta ser sincera, mostrar-se como se é, se importar e ser legal pras pessoas com esse par de cromossomos agirem como idiotas? Basta ativar o botão FODA-SE e ser uma cretina pra serem legais e correrem atrás. Qual o problema com os seres humanos do sexo masculino? Mantra pra 2011: Quer? Ótimo. Não quer? Ótimo. Vai ficar de enrolação, mimimi, no esquema não caga nem desocupa a moita? Tomar no cú.