Páginas

17 de fev de 2011

cala-te igreja!

O Episcopado brasileiro declarou nesta quinta-feira que os reality shows "atentam contra a dignidade da pessoa humana, tanto de seus participantes" e pediu um "esforço comum contra a agressão impune aos valores morais" que, segundo sua opinião, são abordados nos populares programas de televisão. (matéria completa AQUI).

Minhas observações são as seguintes:

- O que atenta contra a dignidade humana são padres pedófilos que não são devidamente punidos (igreja passar a mão na cabeça ou dizer que é “assunto da igreja” diz alguma coisa?).
- O que atenta contra a dignidade humana é ver algum papa, ou seja lá que membro da igreja for, se posicionando contra o uso da camisinha enquanto a população africana é dizimada pela AIDS.
- O que atenta contra a dignidade humana é a igreja ser contra o aborto e não prestar ajuda financeira e, muito menos psicológica, às mulheres que têm filhos sem condições econômicas ou emocionais para isso.
- O que atenta contra a dignidade humana é entrar no Vaticano, ver aquela riqueza toda e, além de ver gente do outro lado da Piazza San Pietro pedindo esmola, saber que um monte de gente passa fome no mundo enquanto a igreja prega caridade e não a pratica.
- O que atenta contra a dignidade humana é a igreja se meter em assuntos estritamente ‘laicos’, se intrometer no processo legislativo de um Estado ‘laico’, ao invés de estar cuidando dos seus semelhantes e lhes prestando ajuda.
- O que atenta contra a dignidade humana é a igreja querer pregar sua moral às pessoas sem lhes dar a oportunidade de questionar e pensar sobre suas próprias morais (alguém acha que é por acaso que os 10 mandamentos sejam mandamentos, e não as 10 sugestões?).
- Etc, etc, etc... e se eu for entrar em perspectiva histórica, aí seria um blog apenas para questionar as ‘cagadas’ da igreja católica desde seu surgimento.

Tenho pavor de BBB, não sei nem quem são os participantes e não assisto isso nem que me paguem. Essa é uma escolha minha, meu exercício de livre-arbítrio. Ao menos nos reality shows os participantes escolheram estar ali e quem assiste tem a escolha de fazer isso. Não são mandamentos, são sugestões, abertas ao livre-arbítrio de cada um.