Páginas

30 de mai de 2013

traduções e ficções

“É contra ti que me lanço, resoluto e invencível, Morte!”
(Tradução de Lya Luft.)

“Contra ti me arremeto, invencível e inquebrantável, ó Morte!”
(Tradução de Tomaz Tadeu.)

Virginia Woolf, “As ondas”









Se com um livro razoavelmente novo acontece uma coisa pequena dessas, principalmente se considerarmos que as línguas não são tão distantes assim e têm basicamente o mesmo alfabeto...

Imagine com a Bíblia, ao longo de milhares de anos?

Creio que resume bem o que penso sobre o livro de ficção mal traduzido*


Bom dia santo (feriado) a todos. Leiam a Bíblia, não se esqueçam que hoje é Corpus Christie e estejam na Missa rezando pela transformação da matéria. Amém.





*expressão retirada desse texto, da Clara Averbuck.