Páginas

29 de abr de 2014

grandes piadistas

Enquanto discute-se nas redes sociais os palhacinhos que, em vez de nariz vermelho, resolveram usar bananas para adentrar o picadeiro... o prêmio de maior piadista vai para…


 


Hitler dizia que “as grandes massas do povo caem mais facilmente numa grande mentira do que numa pequena”. Nosso ex-presidente parece ser adepto disso, ou acredita que "uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade”... ou então ele apenas surtou mesmo e está ouvindo vozes. Em entrevista à TV portuguesa RTP (íntegra da entrevista AQUI), além de desqualificar o trabalho do STF (resposta de Joaquim Barbosa AQUI), nosso onipresente comediante afirmou que o mensalão não existiu e que não tem intimidade, digamos assim, com os réus. Toda a entrevista é um misto de cinismo, estupidez e falta de apreço pela verdade, mas enfim...

José Genoino comandou o PT quando ele era presidente, Delúbio Soares foi o arrecadador do dinheiro de sua campanha e José Dirceu exerceu até o cargo de ministro-chefe da Casa Civil. Ainda assim, o piadista se distancia dos réus que, segundo ele, não seriam de sua confiança... ok, mas se o escândalo não existiu, qual a necessidade disso? Qual a necessidade de dar atestado de incompetência assim, dizendo que não confia nem nos ministros que ele próprio nomeia? Dá licença que vou ali fundar um partido político junto com gente que não é da minha confiança...

Outra coisa: ele e sua sucessora indicaram a maioria dos ministros do STF... e agora ele desqualifica o trabalho da Corte? Está passando atestado de incompetência por indicarem políticos, e não magistrados sérios, para esta função? Ou é só rancor por terem indicado quem não protegeu seus companheiros no julgamento? Podemos jogar no lixo documentos, perícias, testemunhos e demais provas que constam das 5000 páginas dos autos do mensalão, já que o julgamento foi totalmente político e o escândalo, em si, sequer existiu on the first place

Para não dizer que discordo dele em tudo, também acho que essa história do mensalão será recontada. DEVE. É apenas uma questão de tempo saber o que aconteceu na verdade? Que seja! Desde que ele, nosso molusco comediante, também seja bastante investigado. Para mim só há duas hipóteses: ou o piadista é mentiroso em nível épico (sabe, participou e afirma que não sabe de nada, o inocente), ou tão incompetente que não sabe o que fazem aqueles que estão ao se redor... Em ambas as hipóteses, não serviria para administrar nem uma empresa, que dirá um país!

Tem como dar o troféu de maior piadista para outra pessoa?...rs... Ó o retrato falado do campeão.

Os piadistas do início – aqueles que adentraram o picadeiro portando bananas – ficam, diante disso, apenas ridículos, sem noção, desnecessários. Ainda assim, merecem menção honrosa. Que campanha sem nenhuma consciência é essa, de que somos todos macacos? #somostodoscinicosoportunistas né... Custa, na falta de noção e bom senso, pedir conselhos a ativistas, ao movimento negro... ANTES de fazer um circo desses? Vocês, que derramam chorume ao ouvir falar em cotas, estão segurando bananas e aplaudindo essa campanha infeliz por quê? Queridos palhacinhos, ninguém é macaco: somos cúmplices, isso sim. E, por gentileza, antes de saírem emitindo opinião em coro, reflitam.

Caso não tenha ficado claro para quem está empunhando bananas: “O racismo é algo muito sério. Vivemos no Brasil uma escalada assombrosa da violência racista. Esse tipo de postura e reação despolitizadas e alienantes de esportistas, artistas, formadores de opinião e governantes tem um objetivo certo: escamotear seu real significado do racismo que gera desde bananas em campo de futebol até o genocídio negro que continua em todo o mundo.” Leia o resto em: Contra o racismo nada de bananas, nada de macacos, por favor!

Muitos links inseridos em dois parágrafos né... Deixo mais dois para os comediantes que receberam essa menção honrosa: Somos todos racistas e A bananização do racismo. Se, depois de ler estes parágrafos finais e os links que estão inseridos neles, você continuar repetindo, sem nenhuma reflexão, que somos todos macacos... colega, sinto dizer, mas estás mais próximo de ser um quadrúpede ruminante do que um primata #ficaadica